Glossário

Palavra ou Sigla

Significado

Alimento

Definição da ANVISA – É toda substância ou mistura de substâncias, no estado sólido, líquido, pastoso ou qualquer outra forma adequada, destinada a fornecer ao organismo humano os elementos normais, essenciais à sua formação, manutenção e desenvolvimento.

Alicamentos

Alimentos que, devido a propriedades especiais, podem funcionar como medicamentos para o organismo.

Ácidos Graxos Saturados

Um ácido graxo é “saturado” quando todas as ligações de carbono estão ocupadas por átomos de hidrogênio. Eles são altamente estáveis, pois todas as ligações dos átomos de carbono estão preenchidas (ou saturadas) por hidrogênio. Isso significa que eles normalmente não ficam rançosos, mesmo quando aquecidos para fins de cozimento. Eles têm formato reto e, por isso, encaixam-se facilmente uns nos outros, formando uma gordura sólida ou semi-sólida em temperatura ambiente. O nosso corpo produz ácidos graxos saturados a partir de carboidratos. Eles são também encontrados nas gorduras animais e nos óleos tropicais. (Mary Enig)

Ácidos Graxos Monoinsatirados

Os ácidos graxos monoinsaturados apresentam uma ligação dupla, na forma de dois átomos de carbono duplamente ligados entre si e, portanto, faltam dois átomos de hidrogênio. O nosso organismo produz ácidos graxos monoinsaturados a partir dos ácidos graxos saturados e os utiliza de várias formas.

As gorduras monoinsaturadas têm uma dobra ou curvatura na posição da ligação dupla, de tal forma que elas não se encaixam tão facilmente umas nas outras como as saturadas e, portanto, tendem a ficar líquidas à temperatura ambiente. Assim como as gorduras saturadas, elas são relativamente estáveis. Elas não ficam rançosas facilmente e portanto podem ser utilizadas para cozimento. O ácido graxo comumente encontrado em nosso corpo é o ácido oléico, que é o principal componente do azeite de oliva, bem como dos óleos de amêndoa, da noz-pecã, do caju, do amendoim e do abacate. (Mary Enig)

Ácidos Graxos Poliinsaturados

Os ácidos graxos poliinsaturados têm dois ou mais pares de ligações duplas. Portanto, faltam quatro ou mais átomos de hidrogênio. Os dois ácidos graxos poliinsaturados mais freqüentemente encontrados em nossos alimentos são o ácido linoléico duplamente insaturado (com duas ligações duplas – também conhecido como ômega-6) e o ácido linolênico triplamente insaturado, contendo três ligações duplas – também chamado de ômega-3 (o número ômega indica a posição da primeira ligação dupla). (Mary Enig)

Aditivo alimentar

Substância adicionada intencionalmente aos alimentos para modificar suas características químicas, físicas ou sensoriais, a fim de exercer uma função tecnológica. (ANVISA)

ANVISA

Agência Nacional de Vigilância Sanitária – órgão federal brasileiro cuja finalidade é “promover a proteção da saúde da população por intermédio do controle sanitário da produção e da comercialização de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária, inclusive dos ambientes, dos processos, dos insumos e das tecnologias a eles relacionados”.

Alimento Funcional

Segundo os adeptos, um alimento funcional é aquele que contém um componente, nutritivo ou não, com efeito seletivo sobre uma ou várias funções do organismo, com um efeito somado sobre seu valor nutricional e cujos efeitos positivos justificam que possam reivindicar-se seu caráter funcional ou saudável. Para nós é mais uma maneira de mover a indústria alimentícia.

Cereal

Definição da ANVISA: são as sementes ou grãos comestíveis das gramíneas. Exemplos: trigo, arroz, centeio, aveia, milho, sorgo, …

Colesterol

É um álcool, de elevado peso molecular, que é fabricado no fígado e na maioria das células humanas. Assim como as gorduras saturadas, o colesterol que produzimos e consumimos desempenham muitas funções vitais. (Mary Enig)

Edulcorante

Adoçante. Serviria também para mel a açúcar, mas o significado da palavra vem sendo associado aos adoçantes artificiais.

FDA

Food and Drug Administration – órgão federal norte-americano encarregado de regular e fiscalizar alimentos e remédios.

Hidrogenização

É o processo que transforma os óleos poliinsaturados (normalmente líquidos à temperatura ambiente) em gorduras que são sólidas na temperatura ambiente – margarina e gordura para fritura. Para produzi-los, os fabricantes começam com os óleos mais baratos – soja, milho, algodão ou canola, já tornados râncidos pelo processo de extração, e os misturam com minúsculas partículas de metal, usualmente o óxido de níquel (catalisador). (Mary Enig)

Homogeneização

É o processo pelo qual partículas de gordura de leite são forçadas através de minúsculos poros e sob grande pressão. As partículas de gordura resultantes são tão pequenas que ficam em suspensão, em vez de subirem para a superfície do leite. Isso torna a gordura e o colesterol mais suscetíveis à rancidez e à oxidação, e algumas pesquisas indicam que as gorduras homogeneizadas podem contribuir para as doenças cardíacas. (Mary Enig)

Ingrediente Definição da ANVISA – quaisquer substâncias, incluídos os aditivos alimentares, empregada na fabricação ou preparação de um alimento e que permanece no produto final, ainda que de forma modificada.

Junk food

Comida de baixo valor nutritivo. Comida lixo, na tradução literal. É um termo aplicado à comida das cadeias de lanchonetes, incluindo hambúrguer, batata frita, nuggets, pizzas e similares. Não é sinônimo, mas anda junto de “fast food”, literalmente “comida rápida”, que é o termo norte-americano para a comida das cadeias de lanches e similares.
Leguminosa Referente às plantas que frutificam em vagem. Exemplos: ervilha, feijão, lentilha, soja, …
Maltodextrina Carboidrato complexo, obtido a partir da hidrólise de amido ou fécula (normalmente é obtida do amido de milho). Normalmente apresentado na forma de um pó branco, metabolizado de forma lenta e constante no organismo. Resumindo: fonte de glicose para o corpo.
Matéria-prima Alimentar Definição da ANVISA – substância de origem vegetal ou animal, em estado bruto, que, para ser utilizada como alimento, sofre tratamento e ou transformação de natureza física, química ou biológica.

Nutricionismo

Termo cunhado pelo australiano Gyorgy Scrinis, significando, devido ao sufixo “ismo” uma espécie de ideologia ou crença, algo não científico relativo à alimentação ou nutrição (Braghini – pág. 59).

Oleaginosa

Planta da qual se pode extrair óleos. Normalmente o óleo é extraído da semente da planta. Exemplos: soja, milho, arroz, uva, babaçu, coco, gergelim, azeitona, …

Ômega 3

Ácido graxo essencial que atua na constituição do sistema nervoso, torna as células mais flexíveis e acalma as reações inflamatórias. Ver o verbete “ácidos graxos poliinsaturados”.

Ômega 6

Ácido graxo essencial que estimula a geração e facilita o estoque de células adiposas, aumenta a rigidez das células, atua na coagulação e nas respostas inflamatórias às reações exteriores. Ver o verbete “ácidos graxos poliinsaturados”.

Onívoro

Que se alimenta de carne e de vegetal (Aurélio). O ser humano é um onívoro pois pode se alimentar de animais e de vegetais.
Produto Alimentício Definição da ANVISA – alimento derivado de matéria-prima alimentar ou de alimento in natura adicionado, ou não, de outras substâncias permitidas obtidas por processo tecnológico adequado.

Sucralose

Adoçante artificial derivado do açúcar. É feita uma modificação química na sacarose, transformando-a numa substância que o organismo não metaboliza. Resumindo: sucralose não é um alimento.

SUS

Sistema Único de Saúde – órgão do governo brasileiro responsável pelo atendimento médico e hospitalar público e gratuito.

TMB

Taxa Metabólica Basal: corresponde ao metabolismo mínimo para manter as funções vitais. É obtido em absoluto repouso 12 horas após uma refeição ligeira.

7 respostas a Glossário

  1. Olá amigo.
    Gostei muitíssimo da sua matéria do salame e do salaminho, ao qual é adicionado leite e açúcar, essa eu não sabia. Fantástico.
    essa matéria irá servir para que eu possa comentar em minhas EQVs (encontro de qualidade de vida).
    O seu site está maravilhoso.
    Espero aprender mais com voçê e seu site.
    Obrigado e um abraço! Marco A. Ascenção Rio de Janeiro

  2. Olá amigo.
    Gostei muito da matéria do salaminho, eu não sabia do leite contido nele e nem do açúcar.
    esta matéria servirá muito para minhas palestras de EQV (

  3. Pingback: Criação de Gado Confinado – Em que isso nos afeta | Alimentação e Saúde

  4. Pingback: Kani Kama | Alimentação e Saúde

  5. Pingback: CONFETI – Um Carnaval de Ingredientes | Alimentação e Saúde

  6. Pingback: Livro: Em Defesa da Comida – Um Manifesto « Alimentação e Saúde

  7. Pingback: Cup Noodles – Um simples pote de 64 g contendo 26 ingredientes e 10 aditivos « Alimentação e Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *