Resposta da PROTESTE

Conforme comentado em um texto anterior, fizemos um questionamento à PROTESTE com relação a uma reportagem sobre a existência dos aditivos TBHQ e de Dimetilpolissiloxano, produtos à base de petróleo, nos nuggets produzidos pelo Mc Donalds. A PROTESTE, na reportagem, concluiu que estes aditivos são liberados para uso e regulamentados em todo o mundo. Entretanto, constatamos que no site da própria PROTESTE, na parte de aditivos alimentares, constava a recomendação de se evitar o Dimetilpolissiloxano por poder conter resíduos de formaldeído, substância potencialmente cancerígena.

Recebemos uma resposta da PROTESTE com o seguinte teor:

Prezado Sr.

Inicialmente agradecemos o seu contato …

Na reportagem publicada na página 5 da Revista PRO TESTE edição n° 95 (setembro de 2010) esclarecemos que não há motivo para preocupação. Se o aditivo dimetilpolissiloxano for usado dentro dos limites regulamentados não há risco iminente à saúde mas que, no entanto, existem estudos que relacionam o uso desse ativo com o desenvolvimento de câncer.

Desse modo, prezando pela saúde dos consumidores, a PROTESTE recomenda que produtos que contenham este aditivo sejam evitados.

Esperamos ter esclarecido sua dúvida.

Muito embora a resposta não tenha acrescentado nada. Eu entendi assim: não há risco iminente, mas deve ser evitado. Ou seja: há risco. E voltamos a lembrar: nuggets não é comida, é produto alimentício.

Esta entrada foi publicada em Mídia e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *