Cuidado com as Receitas Ligth

O jornal Zero Hora tem uma seção semanal de gastronomia com uma coluna intitulada “Na Cozinha da Bete”, de autoria de Bete Duarte. Ao final desta coluna, que trata de tópicos diversos de gastronomia, a colunista normalmente apresenta uma sugestão de receita “light”. Na edição de 9 de julho de 2010 a receita era de um caldo verde.

O propósito deste texto é mostrar indignação com a desnecessária, e às vezes prejudicial, sob o ponto de vista alimentar defendido neste site, substituição de ingredientes em receitas tradicionais.

Busquei rapidamente receitas de caldo verde na internet e, como se poderia prever, tem de tudo, até com mandioca e creme de leite. As publicadas em sites portugueses são mais conservadoras no uso de ingredientes.

A receita que eu uso e considero bastante tradicional, foi tirada de uma propaganda de uma marca de azeite português bastante conhecida no Brasil e é um pouco semelhante à apresentada pela colunista.

Os ingredientes que nossas receitas têm em comum são as batatas, cebola, couve, água e sal.

Os ingredientes que nossas receitas não têm em comum:

Alho – minha receita leva uns cinco dentes de alho, a dela nenhum. Como boa receita portuguesa, o alho me parece essencial no caldo verde. As receitas dos sites portugueses, quase todas, tinham alho. Poucas das receitas obtidas em sites brasileiros levavam alho.

Cubos de caldo de legumes – a dela leva a minha não. Acho desnecessário, salvo se for um caldo caseiro. Mesmo assim, colocar caldo de legumes para que se a receita já leva batata, cebola e couve?

Peito de peru ligth – a minha receita leva paio, apesar dos conservantes. A idéia do peito de peru, certamente, é para reduzir a quantidade de gorduras. Meu entendimento é o de que, no mínimo, descaracteriza a receita no essencial: sabor. E se for por causa dos nitritos e nitratos ambos, paio e peito de peru, têm.

Margarina light – foi este o ingrediente que mais me motivou a fazer este texto. Trocar azeite de oliva por margarina??? Isso é um crime não só nutricional como também gastronômico.

Esta entrada foi publicada em Mídia e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Cuidado com as Receitas Ligth

  1. Ana Celia disse:

    Paulo, fiquei bastante interessada na sua receita, deu até água na boca. Quando puder, posta aí, obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *